Malabarismo produtivo

Malabarismo Produtivo

E então você acorda, faz várias coisinhas em casa e dirige-se ao seu trabalho e, muitas, mas muitas coisas são realizadas e, nesse meio tempo, você leu mil e-mails, falou com várias pessoas nas redes sociais, leu notícias e ufa…hora de voltar para casa e fazer mais todos os afazeres que a vida adulta nos exige. E o mundo nos exigindo cada vez mais produtividade, é fácil? Nãoooo, e não é fácil para ninguém, mas é possível!

Diante de tantas coisas, definir prioridades tornou-se uma das tarefas mais difíceis dos últimos tempos. Algumas vezes você se sente trabalhando no Batalhão de Incêndios devido ao número de “emergência” que precisa resolver ao longo do dia. Definir uma data para projetos e afazeres se tornou prática dolorosa, afinal, tudo é para ontem.

Na verdade o que precisamos é de um elixir que nos ajude a distinguir o que é urgente do que é realmente importante. Aprendendo a filtrar, saberemos exatamente onde devemos colocar nossa energia e, como consequência, nos tornaremos mais produtivos e, então, malabarismos não serão tão necessários.
Para auxiliar o aumento da produtividade de vocês, segue uma matriz muito interessante, Matriz deEisenhower, criada e desenvolvida pelo presidente americano, Dwight Eisenhower que foi eleito como o 34º presidente dos Estados Unidos, e só ganhou popularidade após 1989, quando Stephen Coveypublicou a primeira versão do livro.

A matriz abaixo é simples, mas não simplória. Ela nos ajuda a identificar o que são ações urgentes e o que são ações importantes. Uma tarefa ou item é considerado urgente sempre que você possui um prazo para sua execução. Já, uma tarefa é considerada importante se contribui para suas metas ou objetivos pessoais ou profissionais de médio e longo prazo, por isso, você vai definir prazos e metas para que elas, de fato, se concretizem.

No quadrante 1 você deve colocar as ações que você tem prazo para realizar, são urgentes e importantes, precisam ser feitas agora. No quadrante 2, são ações importantes, porém, não urgentes, este, na verdade, é o quadrante que, talvez, consuma mais sua energia, já que as ações aqui farão você conquistar objetivos de médio e longo prazo. No quadrante 3 você deve definir as tarefas que são urgentes, mas não importantes, logo, delegue. E no último quadrante, o 4, você deve eliminar as ações que não são importantes e nem urgentes.

Que essa dica simples ajude você a desenvolver a capacidade de filtrar e distinguir entre o que é urgente e o que é realmente importante, uma habilidade essencial para quem quer ser mais produtivo. Até breve!

Leticia Zanini
Diretora
PerfilDois
Coaching e Assessoria
Partner The Inner Game
International School
(48) 999336506
www.perfildois.com.br

Comentários

COMPARTILHAR