Governo Municipal libera início de obra, mas não tem autorização da ANTT

Moradores do Loteamento Antônio Lima se dizem enganados pelo prefeito, vereadores e equipe de governo que visitou comunidade e anunciou início da obra

Os moradores do Loteamento Antônio Lima afirmam que estão se sentindo enganados com a falta de pavimentação na rodovia Procópio Lima. No dia 27 de abril, eles fizeram uma manifestação com o fechamento da rua para sensibilizar o poder público a realizar a obra que está sendo prometida há muito anos (link abaixo). Na oportunidade, quase 100 pessoas participaram do ato com o uso de faixas e cartazes.

Após o protesto, o Governo informou que no prazo de 30 dias contrataria a empresa e iniciaria a obra, porém entregou a ordem de serviço para o início da obra para a empresa JR apenas 37 dias depois. Na oportunidade, com direito a fotos e discurso, o prefeito Murialdo Gastaldon (PMDB), os vereadores Israel Rabelo (PMDB) e Geraldo Baldissera (PMDB) além de secretários e demais membros do governo visitaram a residência da moradora Noemi Dias onde formalizaram o ato de entrega do documento. A foto que acompanha esta reportagem foi feita neste dia. Semanas depois, o Governo Municipal chegou a por estacas na rua, inclusive prejudicando o trânsito de veículos.

Porém, nada disso valeu por enquanto. A Estrada de Ferro Tereza Cristina ainda aguarda documentos que a prefeitura precisa enviar para obter a liberação da pavimentação, pois a via fica na faixa de domínio da estrada de ferro. Após o envio dos documentos, segundo o assistente administrativa da ferrovia Sidnei Cardoso, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) poderá levar ainda até 90 dias para analisar os papéis e autorizar a obra, ou seja, é possível que a pavimentação cujas estacas chegaram a ser colocadas no meio da estrada nem inicie mais em 2018. A ferrovia aguarda a entrega da documentação até a próxima terça-feira.

O Governo Municipal não atende as solicitações de entrevistas do portal.

 

Moradores do Antônio Lima decidem ir para a rua protestar após muitas promessas

Comentários

COMPARTILHAR